Home Matérias Governo dos EUA aprova comercialização de exoesqueleto robótico

Governo dos EUA aprova comercialização de exoesqueleto robótico

167
0

O governo dos Estados Unidos aprovou nesta sexta-feira a comercialização do ReWalk, o primeiro exoesqueleto robotizado que abre a possibilidade para que pessoas com paralisia por lesões na medula espinhal possam caminhar com a ajuda de um acompanhante.

Este produto revolucionário terá um impacto imediato para mudar a vida das pessoas que sofreram lesões na medula espinhal”, disse o diretor principal da empresa ReWalk Robotics, Larry Jasinski.

“Pela primeira vez, as pessoas com paraplegia poderão levar para casa a tecnologia do exoesqueleto, usá-la diariamente e maximizar os benefícios fisiológicos e psicológicos que observamos nos testes clínicos”, acrescentou.

O ReWalk é um aparelho motorizado que fica preso às pernas e na parte de baixo do tronco. Ele ajuda a pessoa a sentar, levantar e caminhar com o auxílio de um acompanhante, médico ou não.

De acordo com o Centro para o Controle e a Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês), no país há 200 mil pessoas que vivem com alguma lesão da medula espinhal e muitas delas sofrem paraplegia total ou parcial.

O ReWalk consiste em uma estrutura metálica que se ajusta com argolas às pernas, sustenta o tronco e, com motores, movimenta as articulações do quadril, joelhos e tornozelos.

O aparelho vem acompanhado de um sensor de inclinação e uma mochila que leva o computador com o qual se opera o aparelho e a fonte de energia. O custo é de cerca de US$85 mil por unidade.

As muletas proporcionam ao usuário estabilidade adicional para executar os movimentos, e um controle remoto sem fio, colocado no pulso como um relógio, permite a ativação do ReWalk.