sexta-feira, 12 abril, 2024 05:58

MATÉRIA

Que tipo de mentalidade você tem, de escassez ou de crescimento?

Mentalidade é um termo utilizado para descrever a maneira como uma pessoa pensa e se comporta em relação a determinado assunto. Pode ser entendida como a forma de ver e interpretar o mundo, moldando a forma como alguém lida com desafios, oportunidades, fracassos e sucesso.

Existem diversas formas de mentalidade, e duas delas que merecem destaques são a mentalidade de crescimento e a mentalidade de escassez. Ambas são bastante distintas em suas crenças e atitudes, e podem ter um impacto significativo na vida de uma pessoa.

Mentalidade de crescimento

A mentalidade de crescimento é baseada na ideia de que as habilidades e talentos são maleáveis e podem ser desenvolvidos com trabalho duro e dedicação. Essa mentalidade valoriza o processo de aprendizagem e vê o fracasso como uma oportunidade para crescer e melhorar. Pessoas com essa mentalidade tendem a ser mais perseverantes, corajosas e flexíveis, e estão dispostas a assumir riscos e desafios.

Na mentalidade de crescimento, acreditamos que nossas habilidades e talentos são como um músculo, que pode ser fortalecido com o tempo e o esforço. Em vez de se preocupar em provar que já é bom em algo, uma pessoa com mentalidade de crescimento está mais interessada em
aprender e melhorar continuamente. Em outras palavras, o foco é no processo e não apenas no resultado final. Essa mentalidade é especialmente importante para a realização de objetivos a longo prazo, pois valoriza a persistência e o esforço contínuo. Pessoas com mentalidade de crescimento são mais propensas a superar obstáculos e a manter a motivação em momentos de dificuldade.

Mentalidade de escassez
Já a mentalidade de escassez é baseada na crença de que os recursos são limitados e que, portanto, é necessário competir com outras pessoas para obtê-los. Essa mentalidade leva a uma mentalidade de “nós contra eles”, em que a pessoa acredita que só pode ter sucesso se outras
pessoas falharem. Em outras palavras, é uma mentalidade de “ganhar a qualquer custo”.

Pessoas com mentalidade de escassez tendem a ser mais ansiosas, inseguras e desconfiadas, e estão sempre preocupadas em proteger o que têm. Elas se concentram em manter o status quo em vez de buscar o crescimento e a inovação. Além disso, essa mentalidade pode levar
a uma abordagem de curto prazo, em que a pessoa não está disposta a assumir riscos ou investir em seu próprio desenvolvimento a longo prazo.

A mentalidade de escassez pode levar a uma série de comportamentos negativos, como a falta de cooperação, a relutância em compartilhar informações e recursos e a falta de empatia em relação aos outros. Além disso, essa mentalidade pode levar a uma falta de gratidão pelos
recursos e oportunidades que a pessoa já possui.

Diferenças entre mentalidade de crescimento e mentalidade de escassez.
Existem várias diferenças importantes entre a mentalidade de crescimento e a mentalidade de escassez.
Algumas delas incluem:

1. Abordagem ao fracasso: Pessoas com mentalidade de crescimento veem o fracasso como uma oportunidade para aprender e crescer,  enquanto as pessoas com mentalidade de escassez tendem a ver o fracasso como uma ameaça à sua segurança e posição.

2. Enfoque no processo versus resultado: A mentalidade de crescimento se concentra no processo de aprendizagem e desenvolvimento contínuo, enquanto a mentalidade de escassez se concentra no resultado final e na competição para alcançá-lo.

3. Percepção dos recursos: Pessoas com mentalidade de crescimento acreditam que os recursos são abundantes e podem ser desenvolvidos, enquanto as pessoas com mentalidade de escassez acreditam que os recursos são limitados e precisam ser protegidos e preservados.

4. Colaboração versus competição: A mentalidade de crescimento incentiva a colaboração e a cooperação, enquanto a mentalidade de escassez incentiva a competição e a luta pela sobrevivência.

5. Flexibilidade versus rigidez: As pessoas com mentalidade de crescimento tendem a ser mais flexíveis e adaptáveis, enquanto as pessoas com mentalidade de escassez tendem a ser mais rígidas e resistentes à mudança.A mentalidade de crescimento é uma das ferramentas
mais poderosas que um atleta pode usar para melhorar sua performance. Ao adotar essa mentalidade, o atleta assume a responsabilidade por seu próprio desenvolvimento, buscando constantemente aprender e crescer em cada experiência.

Isso pode levar a um maior nível de motivação, resiliência e sucesso na carreira. Uma das características de um atleta com a mentalidade de crescimento é sempre buscar feedback, que é fundamental para melhorar a performance de um atleta.

O feedback pode ajudá-los a identifi car áreas de melhoria, bem como o que estão fazendo bem. Um atleta com uma mentalidade de crescimento é aberto ao feedback e usa-o como uma ferramenta para melhorar continuamente.

Um atleta com uma mentalidade de crescimento está sempre aberto a novas ideias e a aprender com os outros. Eles entendem que há sempre algo novo para aprender e estão dispostos a experimentar novas técnicas e abordagens para melhorar sua performance. A resiliência é fundamental para enfrentar a pressão e a adversidade que os atletas enfrentam em sua carreira. Um atleta com uma mentalidade de crescimento desenvolve habilidades de resiliência, como a capacidade de lidar com o estresse e a incerteza, para lidar com os desafi os não somente em competições, mas também nos treinos.

A mentalidade de escassez pode levar a um foco excessivo em resultados imediatos e ações egoístas. Isso signifi ca que o atleta pode estar mais interessado em conseguir uma vitória ou marca pessoal a qualquer custo, em vez de trabalhar em equipe e pensar no bem coletivo
da equipe. Além disso, a busca constante pelo sucesso a qualquer custo pode levar o atleta a tomar atalhos ou usar táticas desleais para alcançar seus objetivos, comprometendo a integridade do esporte. Outra maneira em que a mentalidade de escassez pode prejudicar a
carreira de um atleta é na sua falta de comprometimento com o desenvolvimento contínuo. Um atleta que acredita que as oportunidades são limitadas, pode sentir que seu sucesso está fora de seu controle, levando a uma falta de empenho em melhorar constantemente suas  habilidades e desempenho.

A mentalidade de escassez também pode levar a sentimentos de inveja, ressentimento e competição desleal. Em vez de colaborar e trabalhar com os colegas de equipe, o atleta pode se ver em uma competição constante, mesmo que inconscientemente, com eles. Isso pode afetar negativamente o clima da equipe, prejudicando a comunicação e a colaboração.

Adotar uma mentalidade de crescimento pode ser um processo desafi ador, mas pode ter enormes benefícios para os atletas profi ssionais. Com uma mentalidade de crescimento, os atletas podem desenvolver a resiliência necessária para enfrentar desafi os e encontrar oportunidades de crescimento em cada experiência. Ao mesmo tempo, é importante estar ciente dos perigos da mentalidade de escassez e trabalhar para evitar comportamentos tóxicos que possam prejudicar o desempenho individual e da equipe.

Por: Bruno Pecly Mental Performance Consultant
bruno.mindcoach@gmail.com